Comissões do Conselho Federal de Biblioteconomia se reúnem em Brasília

Entre os dias 15 e 16/06, as Comissões do Sistema CFB/CRB se reuniram na Capital Federal para avaliar o trabalho realizado nos últimos meses, apresentar resultados e planejar as atividades que serão feitas no próximo trimestre. Esses encontros garantem a sinergia da equipe e colaboram para que as pautas de trabalho sejam realizadas de maneira célere e alinhadas com os objetivos da gestão.

Ao todo, 10 comissões, dois grupos de trabalho e um comitê se reuniram, a saber:

  • Comissão de Diversidade e Acessibilidade (CDA)
  • Comissão de Ética Profissional (CEP)
  • Comissão de Fiscalização (CFI)
  • Comissão de Avaliação Permanente de Documentos (CAPD)
  • Comissão de Bibliotecas Escolares e Públicas (CBEP)
  • Comissão de Tomada de Contas (CTC)
  • Comissão de Divulgação e Valorização Profissional (CDV)
  • Comissão de Ensino e Formação Profissional (CEFP)
  • Comissão de Legislação e Normas (CLN)
  • Grupo de Trabalho do Repositório
  • Grupo de Trabalho do Site
  • Comitê de Compliance CFB/CRB
  • Ouvidoria

Dentre os trabalhos das comissões, é válido destacar a atuação da CTC, que utilizou ferramentas atuais para modernizar o processo de análise dos balancetes. Por meio de um novo sistema de prestação de contas, os conselheiros avaliaram processos de maneira remota, gerando assim uma economia de custos para o CFB. Além disso, pela primeira vez na história, a comissão se reuniu com os Conselhos Regionais e repassou a eles informações referentes à análise de processos de contas, conforme as resoluções vigentes.

Por sua vez, a CLN trabalhou com dispositivos referentes à eleição para novos conselheiros federais, que será iniciada a partir do próximo trimestre. Já a Comissão de Ensino e Formação Profissional apresentou sua atuação em três campos: a publicação de uma coletânea que faz o resgate da história do curso de bacharelado em biblioteconomia, modalidade à distância, que será lançado no 30º Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação; a manutenção da campanha Bibliotecas e Bibliotecári@s Antirracistas, por meio de uma perspectiva de letramento racial crítico; e o trabalho conjunto com a CLN em resoluções sobre a oferta de cursos de especialização na modalidade lato sensu e o projeto CFB social, que busca ampliar a perspectiva do Conselho e aproximá-lo da sociedade.

O resultado dos trabalhos das comissões foi apresentado em plenária, o que demonstrou a dedicação e esforço de todos os envolvidos em prol da 19ª gestão e da biblioteconomia brasileira.